Turismo em Augsburg

Hoje vou falar sobre essa pequena cidade localizada no sul da Alemanha, cerca de 60km ao leste de Munique e que mora no meu coração. Eu tenho uma relação muito próxima com a cidade, pois foi o lugar que eu morei por mais tempo em minha vida depois de São Paulo, então esse texto traz, além de informações sobre o turismo em Augsburg, um pouco sobre a vida e o dia a dia de quem mora por lá.

Primeiramente, a Baviera é um estado tranquilo em quase todos os aspectos, o trânsito caótico praticamente não existe, assim como as filas. Munique é um pouco mais agitada, por ser a capital do estado, mas ainda assim nem se compara a outras grandes cidades da Europa. E foi pra esse clima de interior que eu me afastei por cerca de 15 meses de São Paulo aos 17 anos.

Fazer turismo em Augsburg exige um pouco de pesquisa, são muitos os lugares e monumentos que você pode visitar, principalmente se tratando de história, mas não é nada extremamente famoso que você vai reconhecer só de estar ali. Então pesquise um pouco da história da cidade antes de visitar, você vai perceber que tem muita coisa interessante para ver.

Augsburg é conhecida por ser a origem da família de Mozart, inclusive a casa onde seu pai, Leopold Mozart, viveu, é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. Ali pelo centro da cidade, na Maximilianstraße, você também pode visitar o complexo de casas chamado Fuggerhäuser e não muito longe dali, a Fuggerei, uma pequena comunidade dentro da cidade, conhecido como um dos primeiros programas de habitação da história.

Ainda no centro da terceira maior cidade do estado da Baviera, você vai encontrar diversas lojas onde pode fazer compras. As lojas de roupas mais populares em boa parte do mundo e da Europa como H&M e New Yorker estão na Annastraße, a principal rua de compras da cidade.

A cidade conta com vários canais e no verão os moradores costumam ir nadar ou ficar na ali na beirada conversando e tomando cerveja. Ao lado do Lech (o rio que corta a cidade), fica localizado o parque estadual e Augsburg e o Kuhsee, um lago onde no verão muita gente vai nadar e, no inverno, patinar. Mas o verão com certeza é a estação onde você vai aproveitar mais, pois além dos parquinhos para as crianças, os diversos restaurantes deixam suas mesas do lado de fora para que você possa aproveitar o clima e a vista.

Você também pode aproveitar bastante da vida noturna da cidade. Bares, restaurantes e baladas estão bem espalhados e atendem praticamente todos os estilos de pessoas e gostos musicais. Enquanto morei por lá, não senti muita falta de agitação, pelo menos nesse sentido. Mas se você é dos que gosta de sair todos os dias da semana, as coisas por lá só esquentam mesmo a partir da quinta-feira.

Em resumo, Augsburg é uma cidade pra quem gosta de ter qualidade de vida. Vale frisar também que não é das mais baratas para se viver, assim como praticamente todas as cidades da região. Em contrapartida, temos pessoas muito simpáticas, que levam uma vida tranquila e sem perder a calma, mas sempre com coisas pra se fazer e lugares para ir. Minha dica é: Se você tem uma brecha em seu roteiro de viagem, conheça Augsburg, ela é uma das cidades que você pode visitar com o Bayernticket, já postamos sobre o bilhete nesse post aqui.

Destino Compartilhado | por: Tom Freitas


Leia também:

Parque Olímpico de Munique

Como é ser au-pair na Alemanha?

Castelo de Neuschwanstein

Comentários

Deixe uma resposta