Quanto custa um dia em Praga? – Nosso primeiro mochilão

Quanto custa um dia em Praga?

Pra fechar a nossa série de textos sobre os custos do nosso mochilão, vou falar sobre Praga, a capital da República Checa e uma das cidades mais charmosas que já visitamos. O plano inicial era ir direto de Berlim para Munique, mas precisamos fazer uma parada estratégica em Praga, pois a Eurolines não oferecia um serviço direto entre as duas cidades. O que foi muito bom para nós na verdade, poderíamos visitar mais uma cidade sem gastar muito, já que não íamos gastar com hospedagem.

O lado bom disso tudo também foi perceber que as coisas em Praga são bem mais baratas do que nas outras cidades que visitamos, o que também foi ótimo para nós. Porém tivemos um problema sério: não tínhamos onde deixar nossas mochilas e a solução foi carregar tudo pra todo lado. E Praga é cheia de ladeiras.

Mas o ponto positivo é que Praga é uma cidade pequena. Dá pra fazer quase tudo a pé, e consequentemente economizar nos transportes.

CUSTOS

Ficamos 8 horas em Praga e o nosso gasto total foi de 20 euros (para os dois). Sério. Sem brincadeira, ficamos muito felizes em ver os preços das coisas por lá e como pudemos gastar pouco.

Esses 20 euros se converteram em 520 coroas tchecas e conseguimos:

Almoçar – Sim, a gente comeu de novo no KFC, mas compramos os lanches mais caros, e mesmo assim não chegou a 200 coroas pros dois.

Comprar lembrancinhas – Compramos algumas coisas nas lojas de lembrancinhas da cidade, que não são poucas, vale a pena pesquisar e pechinchar um pouco.

Comprar bilhetes de metrô – Lá, os bilhetes são vendidos pelo tempo que vamos usar. A gente valida em uma máquina e temos um tempo para utilizar. O transporte de lá é extremamente barato e eficiente.

Comprar comida pra viagem até Munique – Munique era nossa “sede” na Europa, porque minha irmã mora por lá e foi onde ficamos mais tempo. A viagem era de 4 horas e como já tínhamos enfrentado 4 horas de Berlim até lá, decidimos fazer umas compras com o dinheiro que tinha sobrado para comermos dentro do ônibus.

No fim não conseguimos fazer tudo o que queríamos pela falta de tempo, mas visitamos os principais pontos turísticos e tivemos uma visão geral do que é a cidade de Praga. É com certeza uma cidade que queremos voltar o mais breve possível, e ficar muito mais tempo para conhecer cada pedacinho dela.

Espero que você tenha gostado de ler sobre as cidades e os gastos do nosso mochilão, pra gente é muito gratificante ver que podemos ajudar os outros a planejar e realizar uma viagem. Se você tiver qualquer dúvida, deixa nos comentários ou manda um e-mail no contato@destinocompartilhado.com, a gente vai ficar muito feliz em responder!

Destino Compartilhado|Por: Tom Freitas


Leia também:

Quanto custa três dias em Paris?

Quanto custa três dias em Londres?

Quanto custa três dias em Amsterdã?

Quanto custa dois dias em Berlim?


 

Comentários

Deixe uma resposta