Uma visita ao Vondelpark em Amsterdã

Vondelpark em Amsterdã

Há muitos parques espalhados pela Europa onde é super comum as pessoas passarem horas deitadas na grama de frente para um lago, debaixo de uma sombra, ou caminhando, andando de bicicleta, com a família e os amigos. O Vondelpark em Amsterdã se encaixa perfeitamente nessa descrição, com uma área verde gigantesca e um super lago.

Lago no Vondelpark

Como foi nossa visita ao Vondelpark em Amsterdã

Visitamos Amsterdã em pleno inverno, mas nem por isso deixamos de visitar o parque. Apesar do frio intenso, da garoa fina e do vento na cara havia pessoas descansando, andando de patins, conversando com os amigos nos bancos e esse clima fez com que o passeio valesse muito a pena.

Não tinha como a gente sentar na grama, ou nos bancos, mas a caminhada por si só já foi o suficiente pra fazer a gente relaxar.

O lago do parque às vezes fica congelado nessa época do ano e é incrível ver os passáros caminhando sobre as águas e os patinhos quebrando o gelo enquanto nadam. Há também um coreto no meio do parque, o que vai tornar a paisagem ainda mais bonita.

Vondelpark em Amsterdã no Inverno

Não podemos esquecer de falar das estátuas, inclusive uma de Pablo Picasso “Figure découpée”, ou uma em homenagem ao dramaturgo Joost van den Vondel, que deu origem ao nome do parque.

Leia também: Quanto custa três dias em Amsterdã? 

Se a fome bater tem alguns restaurantes e cafés bem ali, dizem que o preço é meio salgado e a qualidade não é tão boa, nós não experimentamos.

Voldenpark em Amsterdã

De qualquer forma percebemos que tanto pra quem mora na cidade quanto pra quem é turista o Vondelpark é ótimo para visitação em qualquer época do ano. Então se você estiver por lá no inverno não se desanime com o frio e vá! É um passeio relaxante e com uma vista muito bonita.

O Vondelpark em Amsterdã está localizado na região central, próximo ao Museumplein.

E você, já visitou o Vondelpark em outra época do ano? Conte pra gente como foi sua experiência.

Destino Compartilhado|por: Carolina Rosa


Leia também:

É possível viajar sem falar inglês?

EUROLINES – Viajar de ônibus pela Europa

Acampi – O banco de dados do aventureiro


Comentários

Deixe uma resposta