EUROLINES – Viajar de ônibus pela Europa

A nossa experiência com a Eurolines

Já fizemos um post falando sobre qual transporte vale mais a pena para se locomover de um país para outro na Europa. Hoje vou compartilhar com vocês como fizemos o nosso mochilão usando ônibus.

No começo de tudo a ideia era que ficaríamos em Munique, visitaríamos umas cidades próximas e passaríamos uns 2/3 dias em Amsterdam. A gente já sabia que dava pra viajar de ônibus pela Europa e resolvemos dar uma pesquisada. Foi aí que encontramos a EUROLINES.

Além das passagens convencionais eles vendem passagens válidas por 15 dias e você pode conhecer até 53 cidades! Os preço que mudam na alta, média e baixa temporada. Em baixa temporada (que nós fomos) o preço é de 195€ pra jovens (até 26 anos) e 225€ para adultos, e você compra com cartão de crédito. Tem também uma que vale por 30 dias.

Pronto, aí tudo mudou. O plano agora era visitar Paris, Londres, Amsterdam, Praga e Berlim. Tudo de ônibus.

Leia também: Quanto custa mochilar pela Europa?

O bom da Eurolines é que você planeja tudo com antecedência, você não precisa esperar chegar lá pra comprar. No site você consegue ver os dias e horários que os ônibus saem e se programar direitinho. Nós compramos nossas passagens uns dois meses antes e já fomos reservando nossos lugares nos ônibus e a hospedagem nas cidades.

Com a Eurolines você precisa fazer a reserva até 7 dias antes. Aí é só imprimir toda papelada antes e trocar no guichê pelas passagens uma hora antes do embarque.

Um mês antes de partirmos já tínhamos tudo referente à hospedagem e passagens pronto.

Nós optamos por fazer as viagens de madrugada, assim economizaríamos uma diária (já que passaríamos a noite no ônibus) e chegaríamos bem cedo na próxima cidade, dando pra aproveitar bem mais.

Destino Compartilhado

Nosso roteiro:

Munique – Paris:

Foram aproximadamente 14 horas de viagem. Demoramos demais pra conseguir dormir, nós estávamos super ansiosos e empolgados com a paisagem da estrada. Mas no fim conseguimos descansar bem.

Paris – Londres:

A viagem apesar de ter sido mais curta, cerca de 8 horas, foi um pouco chata, além de ter a balsa que balança demais, tivemos que parar na fronteira, passar as malas num raio-x, trocar uma ideia com os policias… fica a dica para ter todos os documentos em mãos.

Mas de resto, foi tranquilo. E ah, o melhor mesmo foi que descobrimos os bancos do fundão. Que ao invés de serem 2 na direita e 2 na esquerda, são 5 bancos juntos o que permitiu que eu e o Tom dormíssemos deitados, um cheirando o chulé do outro (e fizemos isso em todas as outras viagens).

Londres – Amsterdam:

A mais chata de todas. Nós estávamos bem cansados, a viagem durou umas 12h e teve toda aquela coisa de descer na fronteira, falar com os policiais, mostrar os documentos e esperar eles revistarem as malas de todos os passageiros.

Amsterdam – Berlim:

Foi tranquila, dormimos bem durante as 10h. No meio do caminho uns policiais alemães entraram no ônibus, pedindo documento e tal, só pra checar se estava tudo ok.

Berlim – Praga:

Essa viagem sim foi bem rápida, saímos bem cedo e chegamos em Praga na hora do almoço, foi quase que um bate e volta, durou umas 5h o percurso.

Praga – Munique:

No mesmo dia a gente já veio embora, deu umas 5h de viagem também.

Isso porque vimos que não dá pra fazer trajetos dentro de um mesmo país, por exemplo, Berlim/Munique, Paris/Lyon; aí a gente foi OBRIGADO a dar uma voltinha em outro país, que no caso foi a República Tcheca, linda de viver.

A caminho de Praga
A caminho de Praga

Viagens de ônibus são longas, bem longas às vezes, então é bom se planejar, optar por viagens noturnas pra não perder o dia todo no ônibus.

Nós amamos viajar com a Eurolines, os ônibus são bem confortáveis, tem entradas USB pra carregar o celular, aquecedor, alguns tinham até WI-FI. Os motoristas falam várias línguas, tinha um que falava até português! E os funcionários em geral que nos atenderam foram super atenciosos.

Então se você quer economizar mesmo VÁ DE ÔNIBUS, e se for fazer um mochilão por vários países verifique se não compensa comprar passagens como essas que valem por dias.

Bom, essa foi a nossa experiência andando de ônibus pela Europa. Se você tiver qualquer dúvida comente no post que a gente te ajuda! Ou entre no site da Eurolines

Destino Compartilhado | por: Carolina Rosa


Leia também:

Gastando a Sola – Mochilão com 50 euros

Diário dos mãos de vaca #2 – Como guardar dinheiro para viajar?

Que tipo de viagem você quer fazer?


 

Comentários

Deixe uma resposta